Reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde), a Terapia Floral foi descoberta na primeira metade do Século XX, pelo médico inglês Edward Bach, que pesquisou e descobriu
38 essências florais inglesas. Segundo seus estudos, as vibrações das flores têm correspondência às diversas características da personalidade humana, e buscam o equilíbrio interior, desbloqueando as emoções reprimidas desde a 1ª infância, e evitando, portanto, o aparecimento de uma doença.

Seguindo seus passos, pesquisadores de diversas regiões do mundo continuam extraindo, de novas flores, as vibrações necessárias para inúmeros males do corpo e da alma.


Os Florais de Saint Germain foram canalizados por Neide Margonari e promovem o bem estar
físico, emocional e espiritual, através das energias das flores, de forma rápida e curativa.


Os florais têm uma importante participação na busca do bem-viver, já que conseguem, através da reestruturação do fluxo energético do organismo, eliminar os seus reflexos negativos, como dores de cabeça, depressão, dependências diversas, tensão, insônia e muitos outros (até o Câncer!).


Da mesma forma que qualquer medicamento, a auto-medicação dos florais não é indicada. Tenha a consciência de que os
florais não são remédios, portanto NÃO substituem o papel do médico. Consulte sempre o seu médico ou terapeuta de confiança!
Os florais são auxiliares na prevenção das mais diversas doenças: não espere estar "de cama" para iniciar um tratamento.

Evite a "receita de bolo": para que uma fórmula seja eficaz, ela precisa estar adequada à você, e somente um médico ou terapeuta tem condições de fazê-lo. Um floral que lhe foi útil pode ser um "veneno" para outra pessoa, tudo depende da análise minuciosa da pessoa.

A Terapia Floral beneficia pessoas em todas as idades, nos seus problemas mais típicos:

* Bebês agitados, nervosos, medrosos, com cólicas, que choram muito;
* Crianças com problemas de aprendizado, concentração, de convivência na escola, com os pais ou irmãos, hiperativas,
que fazem chantagem emocional, ciumentas;
* Adolescentes rebeldes, inseguros quanto aos relacionamentos e quanto a escolha de profissão;
* Adultos e Idosos que precisam de apoio em situações tanto circunstanciais (momentâneos), quanto estruturais (já cristalizados);
* Gestantes com enjôos e náuseas, durante o pré-natal, pós-parto, aceitação do corpo físico, conflito entre carreira e maternidade;



"As fórmulas florais montadas e apresentadas bem como a descrição dos Florais de Saint Germain
focadas para o Reino Animal têm a finalidade de ajudar a reequilibrar temperamentos
e comportamentos que estão se apresentando excessivos, em desequilíbrio.

A atuação das essências florais se apresenta no campo energético emocional que influencia o comportamento do mesmo. Bloqueios e desequilíbrios que persistem por muito tempo neste campo sem a devida atenção da pessoa que assiste o animal podem migrar para físico, processo que chamamos de somatização. O bom senso neste ponto é mais do que importante.
É necessário avaliar se o problema apresentado é ‘emocional’ ou se já é fisiológico.
Ou seja, a assistência médica veterinária é de extrema importância para definir este quadro.

Sendo assim os Florais de Saint Germain podem atuar como um preventivo ou mesmo como um coadjuvante em diversos tratamentos, incluindo tratamentos alopáticos, homeopáticos, acupuntura, etc.

A priori (dependendo da espécie) o animal domesticado acha que somos da mesma espécie e uma grande maioria das vezes o dono esquece disto também, e assim há uma grande falha de comunicação. Quando o animal não reage a determinadas ações como gostaríamos e o repreendemos, vários processos internos emocionais são desencadeados podendo chegar a excessivo desequilíbrio ‘emocional’ dependendo da biografia de vida (histórico de vida) do mesmo.

Os animais também sofrem, são sensíveis e perceptivos. Com atenção amorosa podemos ajudá-los.
Na terapia floral a chave está em compreender o porquê de determinados comportamentos, ou seja, detectar a
CAUSA EMOCIONAL que desencadeou o determinado processo: seja mudança brusca de local/habitat, influencia comportamental do dono ou de outros animais de convívio, estresse, solidão, saudades, abandono, etc..." - texto do site: www.fsg.com.br




Na primeira fase da Terapia Floral, a pessoa (ou o dono do animal) faz uma entrevista (anamnese) detalhada,
e ao se identificar o problema são prescritas as essências florais apropriadas.

Quem está sob tratamento relata uma condição maior de paz e de tomada de consciência, seguidas
de profundas mudanças de comportamento e atitude, que levam a uma resolução de problemas e conflitos.

Esse primeiro contato é realizado em
uma hora.

Os demais encontros são feitos em
trinta minutos.

A Terapia Floral só pode ser realizada pessoalmente e com agendamento prévio.

Presencial
em sua residência ou escritório
em escritório particular da Kumpania Romaí - próximo ao metrô Belém