A Bandeira Cigana


Esta bandeira foi instituída como símbolo internacional de todos os Ciganos do mundo no ano de 1971,
pela Internacional Gypsy Committee Organized no " First World Romani Congress " -
Primeiro Congresso Mundial Cigano - realizado em Londres.

A roda vermelha no centro da bandeira simboliza a vida, representa o caminho a percorrer e o já percorrido.
A tradição, como continuísmo eterno, se sobrepõe ao azul e ao verde, com seus aros representando
a força do fogo, da transformação e do movimento.

O
azul representa os valores espirituais, a paz, a ligação do consciente com os mundos superiores,
significando libertação e liberdade.

O
verde representa a Mãe Natureza, a terra, o mundo orgârnico( subterrâneo), a força da luz do crescimento
vinculado com as matas, com os caminhos desbravados e abertos pelos Ciganos.
Representa o sentimento de gratidão e respeito pela terra, de preservação da natureza pelo que ela nos oferece,
proporcionando a sobrevivência do homem e a obrigação de ser respeitada pelo homem,
que dela retira seus suprimentos, devendo mantê-la e defendê-la.